quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Balão furado



Necessidade de um documento com os conteúdos programáticos de uma cadeira do curso. Uma fotocópia certificada serve.
 -Olá C. por acaso não tens ? Não tenho, mas um nosso ex-colega, o Matunbino deve ter, ele era um gajo todo atinadinho e guardava tudo.

- Olá tudo bem ? Como estás ? Sou o B.
-Olá B. como está ? (mas este gajo está armado em doutor comigo ?)
-Preciso disto e aquilo, a C. diz que tens e podes até certificar a fotocópia porque entraste para a Ordem.
-Sim, posso, mas como sabe, existem custos inerentes "perlimpimpim, perlimpimpim gatos pretos" (uiiii bem, vou dançar a música que queres).
-Ok, isso não é problema, eu pago os seus honorários sem problema pela prestação do seu serviço.
- Blá blá blá blá....
- Blá blá blá blá....
- Eu faço já a transferência online e a entidade bancária envia-lhe um comprovativo de transferência. Cordiais cumprimentos.

-C. ? mas o Matunbino está a viver em alguma nuvem no céu ? Cheio de cordialidades e formalidades a falar comigo.                                                                                                                                     -Ohhh ele sempre foi um bocado assim não te lembras ?                                                                 -Uma vaga ideia. Mas achei parvo ele ter aquela postura armado com salamaleques e a falar vocabulário jurídico numa conversa corrente.
                                                                               
Deixa lá colocar o nome dele no google para perceber em que nuvem ele mora. 
No Linkedin informa que está no carrocel de empregos. Compreendi o motivo da necessidade em ficar em pontas de ballet. 
Não era necessário !

Sem comentários:

Enviar um comentário