segunda-feira, 2 de maio de 2016

Bolas de alegria.

Acordas com alguma tristeza mesclada ao ver as tuas filhas a oferecer à mãe as lembranças efectuadas na escola.
Sentes que tens essa pessoa no mundo e, afinal é como se não estivesse por cá.

Vem a tarde e és contemplado por gargalhadas e alegria infinitas porque reencontraram um objecto.
E tudo voltou à normalidade.



Sem comentários:

Enviar um comentário