sexta-feira, 1 de abril de 2016

Frieza em disparar

Ontem, passava em zapping e fiquei no national geographic.
Estava a dar um programa com uma simulação, baseado em factos reais sobre uma fuga de
prisão nos EUA.

Um dos guardas dizia que o criminoso em apreço, era frio e capaz de disparar uma arma sem hesitação.
Aquele frase para mim não foi surpresa. A tal pessoa, adjectivada de criminosa afinal não tinha nada a perder depois de estar condenado a cumprir ainda mais de 20 anos na prisão.

Pensei para mim:
 "sinto que tenho frieza para matar uma ou mais pessoas sem pestanejar no caso de existirem factores catalisadores para tal"
Logo, se eu pensei aquilo ao ver o programa, qual o impedimento para aquela pessoa que estava condenada em ter pudor para matar ?

3 comentários:

  1. Bom dia Bocas:)

    Não sei se tenho essa frieza em mim se não, e espero nunca vir a descobrir. Uma coisa sei, a visualização diária da mesma cena de tiros, atentados, dos feridos e dos mortos a entrar pelos olhos dentros de quem vê (de mim não que passo o dia inteiro sem ir a esses canais) banaliza a morte, haverá por esse (entre outros) motivos muito mais gente pronta a disparar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A tua principal arma é o olhar.

      Aquele olhar de intimidação que a malta até foge. ahahaha

      Bjinhos Surinha !

      Eliminar
  2. Ahahahahahah:) Boooom, esses disparam sem pedir licença:) Espero que assim continuem por muitos e bons anos:) fazem-me um jeito do caraças:)

    jinhooooooosssss e BOA SEMANA:)

    ResponderEliminar