sexta-feira, 10 de julho de 2015

Quinta da Bacalôa

De madrugada a "falar sozinho"

E porque não levar uma garrafa tradicional da minha cidade, para oferecer à senhora onde bebo sempre café ? Sim, porque não ?

A razão ? A sra. é discreta, simpática, genuína e é uma grande fã do Mar Salgado. Quando soube que eu acompanhava a novela ficou admirada.
R: Cresci naquele bairro, a minha avó era lá moradora. Conheço todas as imagens da telenovela, e, depois, têm a capacidade de conseguir mostrar a mística da cidade quando realizam a telenovela. Consigo até sentir o cheiro das imagens...

Hoje, ela vai ficar admirada e tenho a certeza que alegre com a minha surpresa.

Surpreender as pessoas com estes mimos inesperados é algo que gosto. Gosto de fugir aos dias de calendário.
Mas como sou envergonhado, vou pagar a conta, dar o saco com a garrafa e virar costas. .
Volto lá após uma semana de férias. :P




2 comentários:

  1. Também sou dessas coisas. Mas depois fico como tu, sinto-me mais confortável com a discrição.

    Então és o público que se deixa atrair pelos locais onde as novelas são rodadas... É interessante, porque existem muitos ganchos que se cozinham juntos na tentativa de obter o máximo de frisson, interesse e público possível. Esse é só um deles, utilizados há décadas (principalmente nas novelas brasileiras).

    Se tivesse uma «terra» de infância também acompanharia uma história lá passada. Para reconhecer as paisagens, procurar elementos de identificação,etc. É natural.

    Mas atenção: em novela tudo é sempre mais bonito que a realidade.

    ResponderEliminar
  2. Tuguinha, a mim não conseguem alterar a realidade. Conheço aqueles "cantos" todos. :)))

    ResponderEliminar