quinta-feira, 26 de março de 2015

Trocas & Substituições

O tempo passa. As coisas mudam e as pessoas que conhecemos variam, umas saem por completo ou parcialmente e outras novas entram. Não existe uma substituição directa, apenas algo que podemos considerar um acréscimo na nossa experiência de vida. Partilha de palavras, de conhecimentos e até por vezes com interesses comuns ou opostos, mas ainda assim, uma partilha do convívio.

Ser social, não é sinónimo de querer estar rodeado a conversar, basta alguém com quem partilhar palavras. Alguém que esteja em qualquer lugar no mundo com um telefone ligado.

Expurgar umas, aliciar outras a fazer parte da nossa vida. 
E tudo isto acontece no autocarro, no metro, no comboio, no local de trabalho, num café com o amigo de um amigo, num blog na internet, numa troca de olhar na discoteca, na loja do cidadão, numa repartição de finanças, e até no tribunal ou numa prisão. Assim os dias passam uns atrás dos outros e consequentemente os anos.

Viver é engraçado.

2 comentários:

  1. Também ja cheguei a essa conclusão, e até quando pensei que ja tinha perdido algumas pessoas, elas de repente voltam.É um ciclo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outras partem sem deixar saudades e aquelas que por uma razão ou por outra já não temos contacto que sentimos alguma falta.

      "É um ciclo..." :)))

      Eliminar