terça-feira, 24 de março de 2015

Engraçadas aprendizagens

Eu fazia lá ideia que os periquitos sabem muito ?!?
Será que ele/a quer liberdade, está a ser maltratado em nossa casa ou simplesmente quer companhia para a vida.
Aquele/a lá de casa, agora anda maluco por sair da gaiola, tenta abrir gaiola nas 3 entradas (2 para recipientes da comida e o "portão" principal para tudo  o resto. Ambas tiveram de ser reforçadas e fechadas com arame, porque ele/a anda maluco e com o bico já levantava aquilo tudo.
Com a revolta, vira o recipiente da alpista, da água e parece que está possuído pelo demónio para sair da gaiola.
Começa a cantar para o vizinho/a da rua logo pela manhã no parapeito da janela da cozinha e ficam os dois a comunicar. Um na gaiola fechado e em casa - o outro na rua em liberdade.

Existem coisas engraçadas de apreciar ao pequeno almoço. Não fazia ideia que até os periquitos "sabem muita coisa".

Ou seja, logo à noite vai haver reunião de família em que a ordem de trabalho é decidir dar liberdade ao animal à qual ele tanto apela, ou manter ele como nossa companhia e único animal de estimação.


Simples dúvidas, mas estranhas na tomada de uma aparente simples decisão.

6 comentários:

  1. Bom dia Bocas:)
    Se nasceu e viveu em cativeiro o mais certo é morrer nos primeiros momentos de liberdade, poque não está preparado para enfrentar o mundo lá fora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Suri
      Possas que tu até de periquitos percebes !! :P

      Quando estivermos em reunião logo, vou pedir ajuda do público e faço uma chamada para ti. ahahahaah

      Sim, as miúdas tb gostam de ter o bicho ali por casa, talvez aqueles espíritos passem e ele volte a gostar de ter cama lavada, comida e bebida sempre a horas. :)))

      Bjinhos Surizinhaaaaaa

      Eliminar
  2. Ahahahahahahahah:) prometo responder em 30 segundos. Quanto aos espiritos deve ser da Primavera ...se lhe arranjares uma companheira em principio isso passa-lhe...isto se o bicho for monogâmico...que é uma virtude que eu não sei se abrange os periquitos...jinhooooooooooosssssssssssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ali em casa tem tudo de ser na doutrina de monogamia.
      Caso contrário, ou vai a voar (se tiver asas) ou fica com os sacos do hipermercado com roupa à porta. :)))

      Pronto, aquele vai ficar sozinho, não quero poucas vergonhas à frente das miúdas que ainda são pequenas. E por falar em pequenas enquanto se falava quem já tinha ido à neve, eu coloquei-me a jeito e disse que a mais nova também veio comigo mas estava guardada e nem apanhou frio.
      A mais velha, dispara logo - Pai, eu sei onde estão as tuas sementes para fazer bebés. Por isso não me deixas entrar na casa de banho. Estão por baixo da tua pilinha - pensas que eu não sei ?

      "Bocagiano, controla-te porque estás ao volante e tens de estar atento à estrada ainda por cima a descer a serra." ficámos todos com uma vontade de rir enorme...

      Já sabem mais missa que os Padres as besnicas agora...

      Eliminar
  3. Ahahahahahahah...a história da cegonha já não cola:)...acho que nunca colou, nem no meu tempo. O jeito que elas arrajam de dizer as coisas é que nunca perde a graça:)))) jinhooooooosssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sempre acreditei na cegonha, no pai natal e no coelho da Páscoa.
      Gosto de ser uma eterna criança.Lol

      Eliminar