sábado, 15 de novembro de 2014

Serviço Público 5*

Aquilo já há algum tempo que me andava a fazer "comichão"
Finalmente, tomei a iniciativa de escrever uma carta registada à Junta de Freguesia A/C do Exmo. Sr. Presidente.
Duas folhas A4 bem fundamentadas e bem condimentadas, em contexto de requerimento foram enviadas por via postal registada na passada segunda-feira e entregue na terça-feira.
A carta fez efeito instantâneo, nem sei se existiu necessidade de reunião, sei que as deligências foram tomadas com grande celeridade.
Hoje, ao chegar a casa, esbocei um sorriso ainda dentro do carro.
A minha previsão tinha algumas dúvidas para o diferimento, mas deixei subjacente na carta que ou havia um sim pela Junta, ou tinha de avançar recurso para os serviços do Município em busca do diferimento.

Fiquei contente e orgulhoso por constatar que a minha carta devia estar com uma excelente qualidade. Menos de 1 semana e voilá.

2 comentários:

  1. Tu e as cartas!! Eu ainda tou à espera da minha....mas de amor vá!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E mais uma vez, foi uma carta a chegar à meta pretendida. :)

      As cartas de amor hoje em dia estão em desuso.
      Agora é tudo olhos nos olhos. :P

      Eliminar