quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Razão das infelicidades: Apego


6 comentários:

  1. Por essas e outras é que já disse um dia: "Amo-te tanto, que no dia em que perceber que não és feliz ao meu lado serei a primeira a abrir-te a porta..."

    Até manhã Bocas:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És uma menina atenta à vida e ao espaço "envolvente". Muahhhh

      Eliminar
  2. Anónimo19:55

    Nunca tinha pensado desta forma em relação ao apego. Sempre associei o apego a algo positivo, a carinho, e nunca a egoísmo. Mas percebo a lógica das frases.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ensinamento budista.quando ando distraído vou ler livro para acordar e serenar a mente. Meditação nocturna tb ajuda. No Oriente estão mto à frente...

      Eliminar
  3. Humm... curioso. Eu não separei as coisas simplesmente achei que o amor entre duas pessoas é egoísmo. Pura e simples. Compreendo o afecto, o amor por todos, pela vida, pelos outros, mas o individual para mim tem origem no "faz-me feliz" e não no "deixa.me fazer.te feliz". Será?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O teu prisma é válido.
      O post até tinha como base o "apego" e a infelicidade que ele poderá trazer para tudo.
      A frase do apego Vs Amor foi um exemplo que achei curioso/pertinente. :)

      Eliminar