quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Déjá Vu



Confirmei esta noite que as duas são minhas filhas.

A mais nova, fez relembrar os tempos de quando a mais velha tinha mesma idade. Em dias de Inverno queria o quentinho da cama dos pais e passava a noite irrequieta a mexer-se como uma tempestade debaixo do edredom.
A mãe, fez turno de não conseguir dormir até 3h pela instabilidade que ela estava. 
A pequena parecia um ciclone na cama. O pai dispensou a patroa para ir dormir noutro quarto e fez o turno das 3h às 8h. Sempre de prevenção para ela não cair da cama abaixo pelo lado contrário. (deve doer...)

Coisas de pais. Depois ao pequeno almoço vê-se a pequena com um sorriso de boa disposição pela noite ter corrido bem, os pais com uma enorme vontade de dar-lhe com o pequeno almoço nas 
 trombas.


E pronto, agora é esperar porque logo à noite deve haver mais tempestade.

O melhor ? é que a mais velha era bem pior e já dorme a noite toda. Isto vai mudar também aqui...
Isto vai passar !! Todos esperamos lá em casa.

4 comentários:

  1. Há-de passar :) se Deus quiser:)))) Toma um cafézinho:) vá:)

    jinhoooooooossssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, na mais velha, os tempos foram difíceis, e dá segurança que agora também vai passar.

      E a mais velha era muito mais labaredas (feitio e físico é mais pai também) e já passou. :)

      Bjinhosssss

      Eliminar
  2. Anónimo16:26

    Dizes que gostas de dormir pouco, por isso pensei que não te custasse ;P
    Pai sofre :)))) Mas os sorrisos delas fazem esquecer as noites mal dormidas.
    Joana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, dormir pouco, não estar a meio da semana em alerta total.duroooooo

      Eliminar