domingo, 16 de novembro de 2014

Coisas por perto.

Na semana passada um primo da minha mulher com metade da idade da idosa, quase que agrediu fisicamente a avó da minha mulher e fez ofensas verbais.
Com tanto historial, destas merdas de família, a velhota de 80 anos foi ontem às urgências pelos efeitos colaterais psicológicos que aquele gajo anda a fazer.
O médico disse que aquelas discussões são um gatilho para a idosa.

Ontem à noite, a minha sogra após ter saído do hospital com a mãe, vieram lanchar e ventilar a nossa, antes da minha sogra ir falar com ele. Como senti apreensão por parte da minha mulher, por receio de ele fazer alguma, pedi permissão para acompanhar a minha sogra com a intenção de ficar por perto para evitar uma eventual conversa quente.

Limitei-me a cruzar os braços e assistir à conversa.
Vi a minha sogra com voz emocionada a falar para ele, por ter sido uma mãe para ele, e hoje em dia ainda ajudar financeiramente. Vi no outro lado uma figura com uma voz de criança a ouvir o adulto dar uma repreensão.

Quando voltei para casa disse apenas:
- até fiquei com pena do teu primo, ele é um coitadinho indefeso que anda ali. Dizias tu que ele é maluco com facas e tem amigos perigosos ?? Se eu lhe desse um pontapé na cara, acho que até os braços se partiam. Até fiquei com pena dele.
-Pois, ele toda a vida tem essa postura de coitado quando é confrontado com as merdas que faz e no entanto vai acabar por matar a minha avó aos poucos.

Realmente todas as famílias têm a sua telenovela de Correio da Manhã.


8 comentários:

  1. Anónimo15:22

    Fizeste bem em ir, não fosse ele tornar-se agressivo para a tua sogra. Talvez ele lhe tenha respeito por ter sido como uma mãe e nunca a trate mal, mas nunca confiando.

    Ainda que as pessoas pareçam inofensivas, às vezes têm momentos em que perdem a cabeça. Conheço um caso de um homem que era relativamente pacato, mas em desavenças com um vizinho chateou-se e atirou com a pressão de ar (não sei se conheces, mas é uma arma para ir à caça). Pouco percebo disso, mas manda uns chumbinhos (penso que é para apanhar pássaros), creio que não mata uma pessoa, mas acabou por atingir os olhos e o vizinho ficou cego. E assim, por um momento de irracionalidade e de nervos à flor da pele, se lixam duas vidas - a do que atirou e que era, segundo dizem, pacato, e a do que ficou cego.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje, a velhota veio almoçar a nossa casa e ver as bisnetas para ganhar vitaminas. Ambiente está mais calmo.

      Exacto, são por com esses rastilhos que depois surgem as explosões ou os tiros de armas para passarinhos. :P
      Agora fiquei curioso em aprender mais sobre armas de caça. Senti que não percebo nada de armas que até disparam chumbinhos com a pressão do ar. :))))

      Sou menino do mar, sou mais da área de pesca. :P

      Eliminar
  2. Anónimo20:52

    Se calhar disse um grande disparate e essas que atiram chumbos aos pássaros não se chamam pressão de ar :)))) Não sou a pessoa indicada para te falar de caça, pois percebo pouco ou nada.
    De qualquer forma, a pesca é muito melhor! Prefiro peixe do que passarinhos fritos ;P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim peixe é bastante melhor que passarinhos.
      E se peixe for fresco, uiiiii toca a "meterrr carvão cu lume tá fraque" :)))

      Eliminar
  3. Quem vê caras não vê corações...

    Bom dia Bocas:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas às vezes a cara pode dar um esboço de como é o coração. :P

      Bjinhos Surinha !

      Eliminar
  4. Infelizmente não é o CM que faz as novelas, ele vai buscá-las à vida real.

    Compreendo esse estilo de indivíduo. E na realidade, dependendo do caso, podem ser os mais perigosos. Surtam severamente mas quando em desvantagem, viram os "coitados" que tu viste, até tiveste pena dele, né?

    Muito cuidado e respeito merece a violência Doméstica. Infelizmente acho que são muito poucas as famílias portuguesas que não sabem o que isso é. Espero que a avó viva o resto da vida sossegada e tranquila, ao invés de andar em stresses.

    ResponderEliminar
  5. Claro que não são os cm/s que fazem novelas mas acabam "enriquecer" as historias... Sim em ponderação com alguém que i conhece percebi que aquele tipo de personagem é especialista naquele papel.

    ResponderEliminar