quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Humanismo Vs Trabalho

Conciliar humanismo com a parte profissional por vezes é complicado.

Sinto responsabilidade neste tema, sei que a minha opinião será vinculativa se confrontar e sugerir a reforma. Sou o principal entrave para a direcção ainda não ter tomado as medidas.

Por um lado, o factor financeiro do vencimento alto que aufere e da produtividade que não é proporcional por motivos de saúde.
No oposto, existe a vertente humana, porque  sei que a pessoa vai para casa e perde o sentido de viver pela doença degenerativa que tem.

Tudo tem um fim ? Sim, mas considero que ainda existe uma margem para não antecipar esse fim, e o dinheiro não tem de estar no cume de tudo.

Quero ter a postura para os outros, tal como gostava que tivessem para comigo.
Só temos uma vida, porque não tentar fazer desta passagem as coisas que parecem ser a atitude mais positiva ?


4 comentários:

  1. Gostei da tua última pergunta! Isso mostra que estás mais animado e com outra perspectiva da vida :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bella, eu desde que me senti um ser pensante, tenho presente que só tenho uma vida. O problema são os excessos quando estou desperto para viver.

      Eliminar
  2. "Quero ter a postura para os outros, tal como gostava que tivessem para comigo" É melhor que a tenhas (E sei que assim é) sem expectativas...não esperes nada dos outros...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui não se trata de expectativas, somente formas do "ser" e do "estar" que devem ser padronizadas como normais. :)

      Eliminar